sexta-feira, dezembro 03, 2004

Qué frô?

Pois é, ao que parece já nao bastava a praga nocturna dos nossos amigos "qué frô". Agora é ver os congeneres africanos a dizer "qué os éléfanté de mádêra prus casa?"... e isto tudo à hora de almoço. Restou-se responder "não obrigada, já almocei"... e tem a sua graça ( ok por acaso não tem, mas os meus dotes humorísticos não são agora para aqui chamados) porque tinha mesmo mesmo acabado de degustar um belo naco na pedra. Mas o dito senhor incomodou-me... não é que apareceu no preciso momento em que estava a palitar os dentes?... ... é a vidinha!

5 comentários:

rufferto disse...

Parece incrível que não me deixaram registar com o nick "Aquele que salta de vitória em vitória deixando um rasto de fogo"... muito comprido, my ass. De qualquer forma, esses elefantes de madeira devem dar boas prendas de Natal. São decorativos e, nos dias mais frios, podem ter uma segunda utilidade!

Anónimo disse...

Começou assim???
Se sim ... original!!
T.

Nanita disse...

Começou pois!
Eu até acho que mereço um prémio! Ou isso ou um fim de semana no Júlio de Matos!

Anónimo disse...

pois eu acho que sim ... também!!!

E dava-te um prémio ... acho que um fds no Júlio de Matos ia bem ... ai ia ia!

Acho que a coisa promete e faço votos que o nível esteja sempre à altura ... o mais baixo pçossível!!! eheheh

T.

rufferto disse...

E assim começaram as tontices... :)